<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8293150\x26blogName\x3dRodrigues\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rodriguesnanet.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rodriguesnanet.blogspot.com/\x26vt\x3d2492733224236298334', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, outubro 26, 2004

O princípio


Setembro de 1997

sexta-feira, outubro 22, 2004

Miragem


2004


Os loucos muitos
é a mão do sol
que lhes coça a cabeça
lhes estende o lençol

Passam coruscantes
com os seus cães atrás
a fazer recados
que ninguém faz

Ou presos da miragem
à tarde estão
de cócoras redigindo
o pó do chão

Luiza Neto Jorge

quinta-feira, outubro 21, 2004

Herança materna


2004

segunda-feira, outubro 18, 2004

Preparação


Outubro de 2004

quinta-feira, outubro 14, 2004

Geografia, II


2004

Nu


2004


Tremem os cerros
os favos entumescem;
às meias-horas cai
da sombra a sombra.


E a gorda luz
encosta-me à parede.


Luiza Neto Jorge

quarta-feira, outubro 13, 2004

Explodir no ar


Alentejo, Dezembro de 2003

Sul

Era verão, havia o muro.
Na praça, a única evidência
eram os pombos, o ardor
da cal. De repente
o silêncio sacudiu as crinas,
correu para o mar.
Pensei: devíamos morrer assim.
Assim: explodir no ar.


Eugénio de Andrade

quinta-feira, outubro 07, 2004

Nu


2004

sexta-feira, outubro 01, 2004

Cardos


Cantábricos, Agosto de 2004


Cardos

Este é o lugar onde só o lume
não demora a florir,
onde o verão abdica
de ser metáfora para arder
até ao fim.


Eugénio de Andrade